Testei 3 Dos Plugins Mais Populares de Cache no WordPress Veja o Que Descobri

Criar um sistema de cache no WordPress nunca foi tão simples e rápido. Graças aos mais avançados plugins, podemos em um piscar de olhos aumentar a velocidade de carregamento das páginas. Podemos também aumentar o score dos sites e otimizá-los facilmente.

Porém qual plugin escolher entre os diversos plugins de qualidade existentes? Resolvi testar 3 dos mais populares em meu blog pessoal, veja as conclusões.

1 – Wp Super Cache

O Wp Super Cache é desenvolvido pela Automattic, empresa por trás do WordPress.com. Sua principal proposta é produzir páginas estáticas em HTML a partir das páginas dinâmicas do blog ou site. 99% dos usuários do site serão servidos com páginas estáticas. Incrível e totalmente gratuito!

Recursos

  • Sistema de configuração fácil, onde você não precisa esquentar muito a cabeça nem perder tempo para ativar o cache em seus sites. Basta apontar e ativar o cache e ele faz o resto.
  • Sistema de configuração avançado, para experts e webmasters. Aqui é possível configurar o que entrará ou não no cache. Opções avançadas de configuração, como cache dinâmico, para quem programa em PHP.
  • CDN próprio, fornecido por um parceiro, bacana se você não quer ter relações com cloudfare e outros. Rápido e prático.
  • Monitoramento das páginas em cache.
  • Preloading, para oferecer páginas cache mesmo para primeiros visitantes e bots. Bom para aumentar o ranking no Google, mas produz muitos arquivos.
  • Plugins (do plugin, rsrs), podendo estender as funcionalidades do plugin com mais plugins. Entre eles destaco a função de mapeamento de domínio.

Resultados

  • Score no Pingdom para Performance Grade: 75 (c)
  • Score no Pingdom para Load Time: 1.94s

Conclusão – Nota 7,5

Recomendo para usuários iniciantes. Além de ser bom, é totalmente gratuito. Possui uma interface simples e foco no sistema de cache e otimização do site. Porém não oferece muitos recursos extras além do cache e CDN. Bom para uns, mas pode ser uma desvantagem para usuários mais exigentes.

2 – W3 Total Cache

Plugin bem mais avançado em sua proposta, busca otimizar o site como um todo para mecanismos de busca. É praticamente um framework de otimização para sites WordPress, com foco no SEO. Conta com muitos recursos e um painel bem avançado.

Recursos

  • Cache com diversos métodos de configuração, como disco (básico e avançado) e opcode.
  • Minify: fundamental para minimização de arquivos CSS e Javascript.
  • Integração com YOAST, o mais popular plugin de SEO para WordPress.
  • Cache do banco de dados (WOW!)
  • Cache de objetos e do navegador do usuário.
  • Proxy reversa.
  • Outras opções (muitas!) de otimização e debug.

Resultados

  • Score no Pingdom para Performance Grade: 89(b)
  • Score no Pingdom para Load Time: 423ms

Conclusão – Nota 8.9

Impressionante. Mesmo na versão gratuita, oferece recursos que poderiam ser facilmente cobrados. Otimização que realmente funciona e contribui para aumento real no ranking do site. Embora a interface seja tanto complicada, os resultados compensam e muito!

3 – Wp Fastest Cache

Para começar este plugin tem um guepardo no símbolo (chita). Se nunca ouviu falar deste animal incrível, pare agora e leia por 5 minutos sobre ele. Logo, sua proposta é ser simplesmente o mais rápido! Seu algoritmo foca a criação de páginas estáticas porém nada mais é revelado sobre seu funcionamento.

Recursos

  • Controle de exibição do cache, se vai ser exibido para usuários logados ou não.
  • Controle de exibição em smartphones.
  • Minify de arquivos HTML e CSS
  • Combinação de arquivos Javascript e CSS
  • Compressão com Gzip
  • Cache do navegador do usuário
  • Idioma português
  • Controle total sobre o que deverá ser ou não chacheado (!) no site.
  • Integração com CDNs de terceiros

Resultados

  • Score no Pingdom para Performance Grade: 90(b)
  • Score no Pingdom para Load Time: 425ms

Conclusão – Nota 9.0

Embora tenha diversas opções disponíveis apenas na versão paga, este é o mais veloz plugin de cache que encontrei. Com poucos recursos e foco na velocidade, talvez seja a melhor opção no momento para iniciantes. Usuários avançados e sites grandes talvez prefiram o W3 Total Cache.

Mas para este blog em que efetuei os testes, o Wp Fatest Cache é o que ficará instalado!

 

Marco Floriano
administrator
Cientista da Computação, é desenvolvedor na Setor9 e fundador da Cursos7, escola de cursos online para quem deseja aprender a criar sites.

Comentários

  • fulvio zocca
    4 de dezembro de 2018

    muito bom; estas informações são muito úteis para aplicar nos futuros trabalhos. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *